Irrigação automatizada como solução para otimizar o uso de água em plantações

Irrigação automatizada: o que você precisa saber

Que água é vida todo mundo sabe. Mais ainda o homem do campo, que depende dela para gerir suas culturas. Plantações de qualquer porte precisam de suprimento hídrico e nem sempre a natureza oferece facilmente a depender da região e do clima. Nesse sentido a prática da irrigação faz toda a diferença.

Mas não basta irrigar para obter mais vantagens no plantio. Hoje a prática ideal é contar com uma irrigação automatizada. Praticidade, controle e otimização de recursos são alguns de seus benefícios no campo.

Vamos conhecer mais sobre esta técnica indispensável para bons negócios no campo.

Como funciona a irrigação automatizada

Assim como o próprio nome já diz, a irrigação por automação é um sistema inteligente de rega. Implantada através de um bom projeto, a irrigação autômata faz uso de equipamentos e técnicas como controladores, válvulas, sensores e os chamados aspersores, que são os responsáveis por jorrar a água nos terrenos a serem irrigados.

Tudo capaz de fazer a aguagem funcionar sozinha. Vamos a uma breve explicação sobre eles:

  • Central eletrônica – é o painel de comando de todo o processo. É nela onde ficam os controladores. Em outras palavras, é onde se define a quantidade de água e os horários de jorra, por exemplo.
  • Válvulas – são os registros, cujo controle de abertura e fechamento fica sob responsabilidade dos controladores, através de impulsos elétricos.
  • Sensores – podem ser de solo, chuva e os climáticos. Suas informações ajudam a dar o melhor comando para a irrigação. Em caso chuvas, por exemplo, os sensores de chuva desativam da irrigação. Dessa forma não há desperdício de água e sim o aproveitamento natural dela.

Existem várias soluções para gestão de regadura via automação. A programação do sistema é definida de acordo com a região, o solo e o tipo de plantação. É recomendado ter a assessoria de profissionais da área para instalação e manuseio até que se compreenda totalmente o equipamento.

As vantagens da irrigação automática

Antes de mais nada, vamos reforçar a relevância da irrigação por si só no manejo das mais diversas culturas agrícolas: a não dependência de chuvas e a possibilidade de plantio e colheita o ano todo. O sonho de qualquer agricultor.

Uma irrigação independente é um avanço nessa realidade. A primeira e talvez mais importante vantagem da irrigação por controle automático seja justamente o uso inteligente dos recursos hídricos.

Com o racionamento planejado, ou seja, a utilização somente do necessário, além da garantia que as plantações não ressequem nem fiquem encharcadas, há economia. O gasto com tempo e água é minimizado, diminuindo os custos do cultivo e consequentemente elevando as possibilidades de ganho. Para o pequeno agricultor isso pode significar se manter na atividade agrícola e dela tirar o seu sustento.

Juntamente com esses ganhos, há ainda a redução de mão-de-obra. O sistema opera tudo sozinho. Além disso, há a possibilidade do trabalho de rega à noite sem a necessidade de um funcionário para supervisão. Mais segurança e menos horários de trabalho humano.

Atividade agrícola já bastante difundida em várias regiões do país, a irrigação visa, através da tecnologia, com o emprego de equipamentos e maquinários, oferecer água em localidades onde existe deficiência ou escassez dela. Agora que você conhece mais sobre a irrigação automatizada, não perca tempo e instale a sua.

Siga-nos nas mídias sociais para saber mais sobre soluções para agricultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *